Quarta-feira , 13 Dezembro 2017
Últimas Notícias
Capa » Curiosidades » Evitar ejaculação precoce através de preservativos

Evitar ejaculação precoce através de preservativos

Evitar ejaculação precoce através de preservativos

A dificuldade de controlar a ejaculação é um problema comum a muitos Homens das mais diversas faixas etárias. Enquanto distúrbio que pode afectar severamente a vida sexual, a ejaculação precoce nem sempre é fácil de tratar, uma vez que pode ser potenciada por um conjunto muito vasto de factores. As estimativas apontam para que um em cada três Homens experiencie dificuldade em controlar a ejaculação, o que faz desta uma disfunção que atinge uma larga percentagem da população masculina. Infelizmente, muitos Homens optam por guardar o problema para si em vez de procurar ajuda, o que acaba por contribuir para que nunca venham a usufruir de uma vida sexual de qualidade aceitável.

A ejaculação precoce não acaba por afectar apenas a qualidade da vida sexual, podendo mesmo exercer um impacto extremamente negativo no estado mental do paciente, que na sequência deste distúrbio tende a desenvolver problemas de insegurança e fortes crises de stress e ansiedade. Estes efeitos colaterais podem, também, vir a comprometer futuras relações interpessoais.

Felizmente, em muitos casos esta complicação pode ser eficazmente contornada através de diversas técnicas de masturbação e até sessões de terapia sexual. Em alguns casos, pode ser necessária a utilização de medicamentos, mas apenas em pacientes que sofram também de outros problemas de saúde que possam ser os principais responsáveis pelo desenvolvimento da ejaculação precoce.

Curiosamente, uma das técnicas mais eficazes para o controlo do problema é, pura e simplesmente, a utilização de preservativo durante o acto sexual.

Como travar a ejaculação precoce através de preservativos

Uma boa percentagem dos Homens não utiliza preservativo durante o acto sexual. Para além dos perigos mais óbvios inerentes a esta decisão, a ausência de preservativo pode, também, favorecer o desenvolvimento de dificuldade em controlar a ejaculação durante o acto. Isto tende a revelar-se mais comum entre Homens que sofrem de hipersensibilidade da glande peniana, o que origina a dificuldade em controlar a ejaculação por mais do que alguns segundos. Existem muitos tratamentos que podem ser adoptados para o controlo desta disfunção, mas o método mais simples de amenizar os seus efeitos nocivos é a utilização de preservativos.

Através da utilização de um preservativo é possível reduzir significativamente a sensibilidade peniana, o que possibilita uma relação sexual muito mais duradoura. No entanto, o tipo de preservativo a ser utilizado deve ser muito bem escolhido, uma vez que, geralmente, apenas os preservativos mais espessos apresentam a capacidade de retardar eficazmente a ejaculação. Mesmo em quem não sofre de hipersensibilidade, a utilização do preservativo pode revelar-se bastante útil, nem que seja no sentido de prolongar por mais alguns minutos o acto sexual.

A eficiência deste método irá, no entanto, variar muito de caso para caso e nem sempre consegue representar a solução definitiva para o problema. A utilização do preservativo deverá, também, ser conjugada com outros métodos de combate à ejaculação precoce, de modo a que a sua eficácia possa ser maximizada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*